Paulo Eduardo Martins apresenta projeto contra soltura de bandidos durante a pandemia

Publicado: sexta-feira , 24 de abril 2020 10:28

O deputado federal Paulo Eduardo Martins (PSC-PR) está atento aos avanços da epidemia de COVID-19 e todos os problemas trazidos por ela, tanto nas questões de saúde e economia, quanto nas de segurança pública.

Nesta quinta-feira (23/03), ele apresentou um projeto de lei que impede a concessão de prisão domiciliar a condenados que integram facções criminosas e são autores de crimes hediondos. “A sociedade não pode ser exposta ao vírus da psicopatia”, declarou o presidente do PSC paranaense.

Nesta semana, um líder de facção no Paraná foi beneficiado por uma decisão judicial que o colocou na rua, por ser do chamado “grupo de risco” da Covid-19. Pouco depois, Valacir de Alencar, condenado a 76 anos de prisão, rompeu a tornozeleira eletrônica e fugiu.  Dias antes, também no estado, um juiz mandou pra casa um condenado a 154 anos de prisão, por 6 estupros, além de roubos a mão armada. O criminoso foi beneficiado por ter 63 anos e também ser do grupo mais vulnerável à doença.

“É preciso criar mecanismos legais para que o cidadão de bem não fique à mercê do senso de humanidade completamente equivocado de alguns juízes. Essa soltura de criminosos perigosos tem que acabar”, finaliza Paulo Eduardo Martins.

Fonte: Assessoria

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC