Nota de esclarecimento (05/09)

Publicado: sábado , 05 de setembro 2020 15:36

O Partido Social Cristão considera desnecessária a prisão do Pastor Everaldo, um cidadão que sempre esteve à disposição das autoridades.

O PSC confia na Justiça e defende a presunção da inocência, uma garantia prevista na Constituição Federal.

A legenda, no entanto, alerta que a criminalização da política fragiliza a democracia.

O ex-senador Marcondes Gadelha segue na presidência do PSC e o calendário eleitoral do partido permanece inalterado.

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC