Ministério da Saúde paga R$ 1,5 milhão das emendas de Glaustin

Publicado: terça-feira , 14 de abril 2020 10:25

Recursos beneficiam 11 municípios goianos, que devem aplicá-los em serviços da rede pública, tanto na atenção básica como em média e alta complexidade

O Ministério da Saúde repassou R$ 1,5 milhão das emendas parlamentares do deputado federal Glaustin da Fokus (PSC-GO) a 11 municípios goianos. Nos cofres das prefeituras já nesta segunda-feira (13), os recursos estavam previstos desde o início do ano para serem aplicados em serviços da rede pública, tanto na atenção básica como em média e alta complexidade, mas tiveram seu pagamento antecipado devido à pandemia de covid-19.

“Mesmo antes de o mundo tomar conhecimento da gravidade do coronavírus, priorizamos nossos investimentos em saúde, com 60% dos quase R$ 16 milhões que tínhamos à disposição como emendas parlamentares impositivas”, destaca Glaustin. “Sabemos que não existe hora para se precisar de um atendimento médico nem para prevenir doenças mais graves, e, com a crise que vivemos hoje, esses recursos se tornaram ainda mais necessários.”

As primeiras emendas beneficiam Araguapaz, Buriti Alegre, Buriti de Goiás, Caçu, Cristalina, Goianápolis, Mairipotaba, Mozarlândia, Mundo Novo, Paranaiguara e Santo Antônio da Barra. Segundo o deputado, ao todo, o ministério já empenhou orçamento para pagar R$ 4,75 milhões em custeio dos serviços e compra de equipamentos necessários a unidades de saúde.

Dos R$ 9,5 milhões destinados à saúde em sua proposta original, Glaustin reservou R$ 4,73 milhões a serviços da rede pública de 42 municípios, sendo R$ 2,35 milhões para a atenção básica e R$ 2,38 milhões para atendimento de média e alta complexidade. Esses recursos entram diretamente nos cofres das prefeituras, responsáveis por investi-los em políticas públicas ligadas ao custeio do atendimento ambulatorial e hospitalar no Sistema Único de Saúde (SUS).

As emendas também beneficiam duas instituições sediadas em Goiânia, a Associação dos Deficientes Físicos do Estado de Goiás (Adfego) e o hospital Casa de Eurípedes, com R$ 200 mil cada. Outros R$ 3,8 milhões devem garantir a compra de ambulâncias para 17 municípios. Os R$ 550 mil restantes têm como destino a aquisição de veículos para transporte de equipes de saúde em Caldas Novas, Cristalina, Edealina, Firminópolis e Rio Quente.

Fonte: Assessoria

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC