Governador visita obras de unidades habitacionais em Laje do Muriaé

Publicado: quinta-feira , 06 de agosto 2020 10:26

 

O governador Wilson Witzel visitou, nesta quarta-feira (5/8), as obras do Conjunto Boa Vista, em Laje do Muriaé, no Noroeste Fluminense. Após as fortes chuvas na região em 2011, as obras do conjunto habitacional foram iniciadas em 2012 e depois abandonadas pelas administrações seguintes. Em julho de 2019, na gestão Witzel, o trabalho foi retomado, sob a responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura e Obras, por meio da Companhia Estadual de Habitação do Estado do Rio de Janeiro (Cehab). A previsão é de que o empreendimento seja inaugurado até o fim do ano.

– Nossa gestão retomou essas obras que serão destinadas a famílias que vivem em áreas de risco. Elas são nossa prioridade e nosso objetivo é garantir qualidade de vida para essas pessoas. Além disso, estamos gerando empregos na região  – disse o governador, que esteve no local acompanhado pelo prefeito do município, José Eliezer, e pelo secretário de Estado de Infraestrutura e Obras, Bruno Kazuhiro.

No Conjunto Boa Vista, 188 famílias de Laje do Muriaé devem ser beneficiadas com a entrega das unidades habitacionais.  Destas, 182 são de dois pavimentos, com sala, dois quartos, cozinha e banheiro. Outras seis são moradias com um quarto, adaptadas a pessoas com deficiência.

Além de obras de infraestrutura, o projeto inclui a implantação de redes de águas potável e pluvial, sistema de esgotamento sanitário, calçamento, paisagismo e construção de área de lazer. O valor do investimento é de cerca de R$ 10 milhões, oriundos do Fundo Estadual de Habitação de Interesse Social.

– É uma satisfação poder retomar, na gestão Witzel, essas obras, que estavam paralisadas desde 2013. E poder atender a dois públicos prioritários: a população de baixa renda e aquela com necessidades especiais, que precisam de moradia com acessibilidade – disse Kazuhiro.

Valdemir Carneiro Ramos, 38 anos, foi um dos operários que conseguiu trabalho no Conjunto Boa Vista, após meses desempregado.

– Poder voltar a contar com trabalho fixo foi muito bom. Consegui colocar as contas em dia – disse ele, que mora com a mãe.

Fonte: Governo do Rio de Janeiro

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC