Amazonas foi o segundo Estado que mais cresceu no Ranking de Competitividade

Publicado: quarta-feira , 23 de outubro 2019 12:18

Levantamento é do Centro de Liderança Pública (CLP) e aponta solidez fiscal e a eficiência da máquina administrativa como razões para o crescimento

Foto: Diego Peres/Secom

A competitividade do Amazonas subiu em 2018, impulsionada pelo avanço da solidez fiscal e a eficiência da máquina administrativa. Dados da 7ª edição do Ranking de Competitividade dos Estados, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP) em parceria com a Tendências Consultoria Integrada e Economist Intelligence Unit, mostram que o Amazonas subiu cinco posições no ranking, sendo o segundo a apresentar maior evolução, atrás apenas de Alagoas, que subiu oito posições. A melhoria nos indicadores da segurança pública e da sustentabilidade ambiental também contribuiu para o crescimento.

Para calcular a competitividade, são analisados dez pilares: sustentabilidade ambiental, capital humano, educação, eficiência da máquina pública, infraestrutura, inovação, potencial de mercado, solidez fiscal, segurança pública e sustentabilidade social. Quanto mais próxima de 100 for a média alcançada, melhor o desempenho. O bom resultado no ranking premia o trabalho primoroso na busca de melhores políticas públicas e de um bom ambiente de negócios para investidores.

Fonte: A Crítica

PSC nas redes sociais

PSC
  Youtube
  Instagram

Cadastre-se e Acompanhe o dia a dia do PSC